Beto Carrero - um encerramento tumultuado

Finalizando os posts sobre o nosso passeio no Beto Carrero, em Santa Catarina, vou falar agora de como o encerramos o dia por lá.

Após assistir o Acqua, fomos até o Mundo Animal. Recomendo muito essa área para quem está com crianças, o zoológico abriga várias espécies, é bem legal.






A minha parte preferida foi o Mundo Mágico das Aves, um aviário em que a gente caminha por dentro, passando bem pertinho das aves. Eu li em alguns lugares que a visita era guiada e que as pessoas recebem muitas informações sobre as espécies que vivem ali, porém, na nossa vez, não havia guia, nem informações. Talvez por estarmos perto do horário de fechamento, mas só havia um funcionário na entrada da atração e passamos reto e entramos sozinhas no aviário.




De lá, fomos direto à última atração do dia, o show de encerramento. Nós queríamos chegar cedo para pegar um bom lugar para assistir o Sonho do Cowboy, o espetáculo que ocorre no Memorial Beto Carrero e é o grande show que fecha o dia no parque. O início era às 18h, então planejamos ir para a fila pelo menos meia hora antes.


Chegamos lá e já havia uma fila bem considerável na porta do Memorial, então entramos nela e garantimos nossos lugares. Porém, o que ninguém esperava é que um temporal começou a se formar no céu. De repente, quando faltava uns vinte minutos para as seis da tarde, caiu aquela chuvarada, típica de verão. As pessoas ficaram agitadas e muitas saíram correndo da fila logo que as primeiras gotas grossas de chuva caíram. Felizmente nós tínhamos uma sombrinha conosco, então continuamos calmamente no nosso lugar. Mas a chuva começou a piorar e as pessoas, diante do Memorial ainda fechado, foram desistindo e se dirigindo à saída do parque. E de repente a chuva atingiu o ápice e então não havia mais fila... todas as pessoas saíram correndo para se abrigar e as que ainda insistiram em ver o show se aglomeraram em frente à entrada. Só nós tínhamos sombrinha, o resto do pessoal estava completamente ensopado! Os ânimos se acirraram, alguns começaram a forçar a entrada, muitos xingando, mas mesmo assim o Memorial continuava fechado. Já passava das 18h e não havia nenhum sinal de que os funcionários fossem liberar a entrada das pessoas. Como o show já deveria ter iniciado àquela hora, nós é que resolvemos desistir. Embora não estivéssemos ensopadas como todas as outras pessoas que se aglomeravam na entrada, nós não vimos sentido em continuar paradas na chuva torrencial sem saber se iriam nos deixar entrar. Já era pra ter começado o show, então não entendemos por que as pessoas não foram liberadas para entrar muito tempo antes. Se tivessem permitido a entrada quando começou a chuva, certamente não teria havido tanta confusão e correria.



Enfim, o dia encerrou meio tumultuado. E ficamos sem conferir o grande show de encerramento do Beto Carrero.

Mas, apesar de todos os contratempos que contei nesta série de posts sobre o Beto Carrero, eu continuo dizendo que vale a pena conhecer o parque. É uma estrutura enorme, com atrações para todos os gostos e um passeio muito divertido. 

Minha dica final é a seguinte: vá na baixa temporada. Se for possível para você, não vá em períodos como final de ano e férias escolares, pois você não conseguirá aproveitar tanto. Se for na baixa temporada, acredito que consiga ver todo o parque em um dia. Mas na alta, reserve pelo menos dois, para curtir com tranquilidade e assistir todos os shows.

5 comentários:

  1. Odiadores te odiadirão por mais esse post, hehehehehe

    ResponderExcluir
  2. Poxa vida, a chuva não foi aliada nos últimos dois posts nos parques de diversão. Hehehe..

    Uma época boa do ano é ir no Beto Carrero agora no outono. Baixa temporada e menos chance de chuva.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Thiago, a chuva foi uma companhia insistente nos últimos parques que fui! :-) Mas tudo bem, apesar dela, consegui aproveitar bastante! Realmente, o outono é uma época de clima ameno e muito agradável por lá, quem sabe na próxima vez consigo ir numa data mais favorável...hehe

      Excluir
    2. Olá. Trabalho no parque e lendo esse ultimo post vejo que vc teve um azar nesse dia, houve um problema e foi a única vez em que as portas do Memorial demoraram a se abrir, todos os dias pontualmente às 17:30 eles abrem, com ou sem chuva. Que pena que não pode conferir, O Sonho do Cowboy é um espetáculo incrível. E nesse dia, apesar do atraso, o show aconteceu normalmente. Espero que possa voltar um dia pra conferir. Abraço.

      Excluir
    3. Olá Anônimo! Pois é, acho que todos que estiveram lá nesse dia deram azar mesmo, uma pena. Entendo que problemas acontecem, acho que os funcionários poderiam ter avisado o pessoal na fila, talvez tivesse havido menos tumulto. Eu, por exemplo, só fui embora porque não tinha ideia do que estava acontecendo e se iriam abrir as portas, se o show tinha sido cancelado, etc. Se soubesse, teria esperado pelo show. Obrigada pela visita!

      Excluir